Scroll Top

Curso Grátis: Aprenda a criar blog no wordpress.org sem gastar nada

Dicas para blogspot Optmização

Como reduzir a taxa de rejeição no seu blog

 O que é taxa de rejeição?

Segundo a Google: a taxa de rejeição corresponde à percentagem de visitas que acedem apenas a uma página antes de saírem de um site.

Em suma a taxa de rejeição acontece quando alguém visita o seu blog e sai sem ler um outro artigo do seu blog, isso quer dizer se você recebe 100 visitas e o Google Analytics apresentar uma taxa de rejeição de 45%, isso significa 45% das 100 pessoas acessaram apenas uma única página e saíram do blog.

A taxa de rejeição tem sido uma grande dores de cabeça para os blogueiros, até por que nenhum blogueiro gostaria que um visitante lesse apenas um único artigo e sair do blog, isto por que quando menos tempos um visitante ficar no blog dificilmente teremos ganhos significativos com a Google adsense.

Sabe-se que para ganhar dinheiro significativo com a Google adsense é necessário que o nosso blog tenha várias visitas, quando mas tempo o visitante ficar no blog as chances dele clicar nos anúncios da adsense também serão maiores.

É verdade que um visitante pode clicar nos anúncios assim que ele começar a ler o artigo pela primeira vez, mas as chances para isso acontecer são ínfimas, geralmente as pessoas começam a clicar nos anúncios depois de 2 ou três artigos no seu blog, por que nesse momento ela já terá encontrado tudo o que queria ver, com isso ela pode ter a curiosidade de saber mais sobre os anúncios que aparecem nas publicidade da Google adsense.

taxa de rejeição

Causas da taxa de rejeição

Design do Blog

A taxa de rejeição pode ser causada por vários fatores, uma das quais pode ser pelo Design do seu site, se o teu site não tiver um bom design isso pode afugentar os visitantes, eles podem até não terminar de ler um único artigo. Suponhamos que o seu design dificulta a leitura dos artigos, isso pode complicar os seus visitantes, eles simplesmente não terminarão de ler os seus artigos e simplesmente vão sair do seu blog sem ler outro artigo.

 

Plágio

Outra causa que tem contribuído para taxa de Rejeição é o plagio, este tem sido um dos grandes problemas de blogueiros iniciantes, muita desses blogueiros não gosta de publicar artigos originais, simplesmente andam a copiar artigos por ai e começam a divulgar nos seus blogs. Isso acaba lhes penalizando, imagine só, suponhamos que estou procurando sobre dicas para emagrecer, eu entro num blog vejo algumas dicas, como se sabe as pessoas não ficam satisfeitas com uma única explicação, gostam de entrar em vários sites para ter dicas variadas. Imagine se o blogueiro “A” vai copiar artigos do blogueiro “B” e o visitante visitou antes o blog de B, e depois o visitante vai no blog de “A” e nota que o artigo que está lá é o mesmo que acabou de ler, o que ele vai fazer? Ele nem vai terminar de ler o primeiro parágrafo e vai sair do seu site e se bobear nem irá voltar a entrar no seu blog e muito menos vai querer ler um outro artigo.

 

Erros ortográficos

Este é um outro fator que pode contribuir para uma taxa de rejeição elevada. Erros de português dificultam a leitura do visitante, isso faz com que a leitura torne-se cansativa, quando isso acontece o visitante não vai terminar de ler o seu artigo, ele simplesmente vai fechar o blog, correndo o risco de nunca mas voltar.

Essas são as causas principais que provocam o aumento da taxa de Rejeição num determinado blog, existem outros pontos que podem causar o aumento da taxa de rejeição.

Como reduzir a taxa de rejeição

Apesar da taxa de rejeição constituir um grande problema para os blogueiros, existem maneiras práticas de como reduzir a taxa de rejeição no seu blog.

Artigos de Qualidade

Quando as pessoas procuram por uma coisa na Google, é por que ela quer ver a sua curiosidade ou dúvida seja sanada, com isso ele quer algo que lhe ajude, é necessário que os nossos artigos tenham qualidade para que a pessoa que visita o nosso blog fique mais tempo no nosso blog e tenha a curiosidade de ler outros artigos. Para que tal aconteça é necessário que os nossos artigos tenham qualidade.

Links Internos

Outra maneira que podemos usar para diminuir a taxa de rejeição no nosso blog é por colocar links internos ou por outra colocarmos links de artigos que já escrevemos dentro de um artigo novo. Os links dos artigos que devemos colocar deve conter conteúdo relacionado com o artigo novo que estamos para divulgar, isso fará com que o visitante não saia assim que ele acabar de terminar ler o artigo, ela terá a curiosidade de ler os artigos que colocaste dentro dos artigos.

Outra opção é por adicionar ou instalar caso use o wordpres, um gadget com a opção de notícias relacionadas, isso faz com que no final de cada artigo apareçam notícias relacionadas com o seu artigo, isso faz com que o visitante fique cada vez mais curioso em querer ler os conteúdos, isso vai contribuir para a redução da sua taxa de rejeição.

Está gostando do artigo?

Inscreva-se na minha lista e receba novidades!

Conclusão

Taxa de rejeição

Essas são algumas dicas que poderão te ajudar a reduzir a sua taxa de rejeição, comigo tem dado certo, tenho tido resultados magníficos usando essas dicas em meu blog. A título de exemplo o meu blog principal tem em média 14% de taxa de rejeição, não uso técnicas magicas para ter esses resultados, apenas utilizo essas simples técnicas que compartilhei nesse artigo.

Sobre o autor | Website

Licenciado em economia, empreendedor digital...nos tempos livres gosto de aprofundar o meu conhecimento

Gostou do artigo?

Inscreva-se na minha lista e receba novidades!

6 Comentários

  1. Cara, muito legal amigão. parabéns…

  2. Andreia disse:

    Muito obrigada pelas dicas!
    Ótimas.

    Abraços,
    Andreia
    http://detransimulado.blogspot.com.br/

  3. Wania Andrade disse:

    Boa Tarde!
    Parabéns e muito obrigada, dicas muito pertinentes.
    Um abraço,
    Wania Andrade

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

CommentLuv badge

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.